Novos Amigos/Seguidores

segunda-feira, 18 de agosto de 2014

Poeta Antônio Marinho declama um lindo texto em homenagem a Eduardo Campos.

              Durante a apresentação musical em homenagem ao ex-governador Eduardo Campos, o poeta Antônio Marinho declamou um texto maravilhoso de autoria própria para lembrar o político.


Leia abaixo o poema na íntegra:


Vamos plantar Eduardo e adubar este plantio De sonhos pelo que é justo, do bem diante do hostil osso guerreiro tombou, mas sua alma subiu No céu brilhante da história, um astro novo surgiu Guiando todos os olhos, do rebanho que pariu E hoje se sente órfão, pelo farol que partiu Mas partiu pra brilhar mais, no firmamento de anil Será luz na caminhada, Deus consola quem feriu Nós seguiremos unidos, pois ele nos reuniu Vamos pegar no serviço, como ele sempre pediu Pra levantar a bandeira, que a meio mastro caiu Pois Eduardo está vivo, em tudo que construiu Todo povo brasileiro, o seu legado assumiu Vamos estar firmes na luta, seguindo quem nos uniu Eduardo, todos nós seguiremos tua voz, sem temer nenhum algoz, sem desistir do Brasil Eduardo, todos nós seguiremos tua voz, sem temer nenhum algoz, sem desistir do Brasil.




As pessoas felizes lembram o passado com gratidão, alegram-se com o presente e encaram o futuro sem medo.
                            Epicuro








Flávio José - A natureza das coisas.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...